fbpx
skip to Main Content
dica para ministerio infantil1

Transmita a visão correta do seu ministério infantil

Como transmitir a visão correta para o ministério infantil

Transmita a visão correta do seu ministério infantil, se você usa óculos de grau, sabe o quanto ele é necessário para enxergar nitidamente as coisas, assim, se ele estiver sujo ou embaçado é preciso parar e limpar o óculos para conseguir enxergar outra vez e agora da forma correta. Assim é com a igreja. Muitas igrejas até utilizam o óculos da Bíblia, mas as suas lentes estão embaçadas e sujas quando se trata das crianças. Seja por falta de entendimento, porque nunca foram ensinadas, porque se perderam na manutenção ou porque o grau já está errado e precisa de ajuste a algum tempo. Em outras palavras, muitas igrejas até sabem que Jesus ama as crianças, mas como elas veem isso está sujo e embaçado, elas pensam que Jesus ama as crianças porque elas são fofas e engraçadinhas enquanto se apresentam com um louvor, mas, na verdade, Jesus as ama porque elas precisam de salvação, assim como qualquer adulto,porque Jesus morreu por todas as pessoas e isso às inclui. E sabe como você consegue distinguir se o óculos da sua igreja está sujo e embaçado? Através da importância que ela dá ao ministério infantil ou não. Tendo isso em mente, como transmitir a visão correta do seu ministério infantil para a igreja?

Tomando as atitudes certas

Se a sua igreja acredita que o ministério infantil é um lugar de entretenimento, creche gospel, ou um lugar para elas brincarem e se divertirem enquanto os adultos são ministrados, é hora de transmitir a visão correta do ministério infantil para a igreja, você vai precisar de muita oração e ajuda do Espírito Santo, mas não se preocupe, Ele é especialista e o mais interessado que esse óculo seja limpo. Após orar e pedir o convencimento do Espírito Santo é hora de tomar alguns passos práticos para limpar os óculos ou trazer um novo para a sua igreja. Respondendo às 4 perguntas fundamentais a primeira coisa para se fazer é responder a si mesmo as quatro perguntas fundamentais do seu ministério, sem elas é impossível explicar o que ele verdadeiramente é e levar outros a limparem o seu óculos sujo ou embaçado, elas precisam ser a base do seu ministério, deixe-me mostrar quais são elas:

A primeira pergunta é: “Qual é o propósito do seu ministério infantil?” Pare e reflita; por que ele foi criado? Talvez no começo ele surgiu para suprir uma necessidade de atender melhor os adultos que estavam no culto e precisavam se concentrar. Mas, sabemos que esse não deve ser o propósito, pois o ministério infantil não é uma creche ou um lugar apenas de entretenimento. Então, porque ele existe? Para que ele serve? As respostas te mostrarão o propósito.

A segunda pergunta é: “Qual é a visão?” Quando temos uma visão sabemos exatamente onde queremos chegar. É a visão que se torna nosso combustível, seja nos bons ou nos maus momentos. Então pare e responda: no futuro, como você deseja ver essas crianças? Que tipo de formação você quer que elas tenham tido? Como você imagina seus voluntários daqui a cinco anos? Qual estrutura vocês desejam alcançar física e espiritualmente como ministério? As respostas te mostrarão a visão.

A terceira pergunta é: “Quais são os valores?” Onde o seu propósito e a sua visão serão pautados? A Bíblia é repleta de versículos que podem pautar os seus valores para o ministério infantil, como, por exemplo: Marcos 16:15, Mateus 19:14 e Mateus 28:19. Mas além deles quais serão os princípios que cada voluntário precisa ter para servir? Quais são os valores em que as crianças irão ser desenvolvidas durante os cultos? As respostas te mostrarão os valores.

E a quarta, e última pergunta é: “Como?” Com às três primeiras perguntas definidas quais são os passos necessários para que a teoria saia do papel e vocês consigam projetar as crianças para viverem tudo isso? Quais serão os temas de cada culto? O método de ensino? Os materiais e visuais necessários? Quantas pessoas vocês precisam?

Responder a essas perguntas vai te mostrar exatamente, o porquê, para quê e como você vai trabalhar com as crianças e fará com que a igreja compreenda de maneira mais fácil a importância do ministério, e que as crianças não estão ali para brincar e não atrapalhar o culto, pelo contrário, elas estão sendo ministradas e vivendo tudo aquilo que acontece no culto dos adultos.

Preparando um culto de ensino

É importante fazer um culto de ensino, ao responder às perguntas, marque uma conversa de alinhamento com o seu pastor, veja se as respostas estão alinhadas ao que a igreja acredita e se preciso for mostre ao seu pastor onde e, porque você está pautando essas respostas. Depois juntos vejam uma data para realizar um culto onde a ministração seja sobre: “O que Deus pensa sobre as crianças”

Nesse culto o seu pastor vai ensinar a igreja e alinhar a sua visão com a de Deus, as pessoas vão poder aprender como o coração de Deus ama as crianças e se move por elas (Marcos 10:13-16), como o Espírito Santo deseja viver nas crianças desde a mais tenra idade (Atos 2:38-39), como elas não são pequenas demais para servir no reino de Deus (1 Samuel 2:18), como Deus as escuta e fala com elas (Gênesis 21:16-17) e como elas não são uma igreja a parte, mas elas fazem sim, parte do corpo de Cristo (Deuteronômio 31:12).

Apresentando a visão para a igreja

Então nesse mesmo culto ou no próximo é o momento de apresentar a igreja às quatro perguntas fundamentais, assim ela entenderá a base e a estrutura do ministério, ela também vai conseguir compreender como é importante o trabalho feito com as crianças e como ele é sério. Prepare para a sua apresentação, um tempo de no máximo dez minutos, faça um slide se desejar com os tópicos das quatro perguntas, e separe um testemunho no final, de uma criança e de um voluntário, que tem vivido algo especial no Senhor dentro do ministério, isso despertará curiosidade e amor nas pessoas.

Alinhando a visão com a Liderança

O práoximo passo é reunir toda a liderança da igreja, chame um representante de cada ministério e dentro de trinta minutos, em uma pequena reunião, compartilhe de forma mais aprofundada o seu como e convide a liderança a contribuir com o ministério, seja: divulgando ele para os adultos que eles são responsáveis, pedindo para que eles verifiquem se as pessoas podem servir no ministério, se alguém pode te auxiliar com a formação dos pais e assim por diante.

Criando a parceria perfeita

E por fim o seu último passo será começar a realizar o que eu chamo parceria perfeita, que é igreja + família, juntas projetando as crianças em Deus. Esse tema precisa de um texto só sobre ele, mas vamos te auxiliar a começar agora. Prepare um café da manhã ou da tarde para os pais, convidem todos os responsáveis para estarem presentes, nessa reunião comece com o tempo de comunhão, depois faça um quebra-gelo para que todos se conheçam, em seguida ministre sobre a formação de filhos e como o ministério está a disposição para ser um suporte nesse processo e termine apresentando novamente às quatro perguntas e dividindo os pais em pequenos grupos (por faixa etária) onde eles conhecerão os voluntários e poderão conhecer de forma mais pessoal como os seus filhos tem sido ministrados.

Pronto, agora sim! Depois de fazer esse passo a passo é impossível que a sua igreja permaneça com o óculos sujo e embaçado, eu tenho certeza que nesse tempo o Espírito Santo vai fazer uma transformação na visão da sua igreja e que ela vai a partir desse momento enxergar o ministério e as crianças de uma nova e correta forma. A minha oração para você que chegou até aqui é que o Senhor te capacite para seguir esse passo a passo, que Ele te dê toda a agenda e estratégia necessária e que Ele te encha de coragem assim como Ele fez com Josué (Josué 1:9). Você pode ser uma ferramenta nas mãos de Deus para trazer uma nova visão de ministério infantil para a sua igreja!

 

Rebeca Sousa – atua com ministérios infantis há dezoito anos, pedagoga e é fundadora do Projetando Gerações

@projetandogerações

dica para ministerio infantil1

 

Contação de histórias biíblicas: como fazer isso?

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top